<$BlogRSDUrl$> Página Principal Escreva para Haylton Farias OutSite Ordem Ancestral da Santa Ignorância Sistêmica

quinta-feira, fevereiro 10, 2005



PRÁTICA

Os homens existem em constante atividade.
Dentro dos limites estabelecidos pelas circunstâncias que lhe são impostas, os homens estão sempre produzindo as circunstâncias novas que lhes convém. " As circunstâncias fazem o homem na mesma medida em que este faz as circunstâncias". O ser humano não existe, em geral, numa situação de comtemplação: seu modo normal de existir é o de uma contínua intervenção ativa no mundo.
O processo do conhecimento só pode ser devidamente entendido, em sua verdadeira natureza, quando relacionado com esta contínua intervenção ativa dos homens no mundo. Não é verdade que exista de um lado o mundo e do outro a consciência; e não é verdade que o papel da consciência se limite ao recolhimento e à interpretação de elementos provinientes do mundo exterior.
Em última análise, a validade do conhecimento não pode ser medida em um plano puramente teórico, que se abstraia da vida prática.
O conhecimento é um momento de transformação do homem por ele mesmo. A tarefa de interpretar o mundo faz parte da tarefa maior de modificá-lo.

(ex-traído de "Marx - Vida e Obra" de L. Konder, 1998)

This page is powered by Blogger. Isn't yours? |