<$BlogRSDUrl$> Página Principal Escreva para Haylton Farias OutSite Ordem Ancestral da Santa Ignorância Sistêmica

quarta-feira, setembro 29, 2004


C O N F L I T O S
Na condição de seres humanos ocidentais modernos, falamos em valorizar a paz e vivemos como se os conflitos que surgem na convivência pudessem ser resolvidos na luta pelo poder; falamos de cooperação e valorizamos a competição; falamos em valorizar a participação, mas vivemos na apropriação, que nega aos outros os meios naturais de subsistência; falamos da igualdade humana, mas sempre validamos a descriminação; falamos da justiça como um valor, mas vivemos no abuso e na desonestidade; afirmamos valorizar a verdade, mas negamos que mentimos para conservar as vantagens que temos sobre os demais... Isto é: em nossa cultura patriarcal ocidental vivemos em conflitos, e frequentemente dizemos que a fonte deles está no caráter conflituoso de nossa natureza humana.

Com frequência, dizemos que tanto a luta entre o bem e o mal quanto o viver em agressão são características prórpias da natureza biológica dos seres humanos.

Discordo, não por pensar que o ser humano, em sua natureza, seja pura bondade ou pura maldade, mas porque considero que a questão do bem e do mal não é biológica e sim cultural. Esse conflito em que nós, seres humanos patriarcais modernos, vivemos, nos dobrará com sofrimentos e por fim nos destruirá, a menos que o resolvamos.

(ex-traído de "Amar e Brincar - Fundamentos Esquecidos do Humano" de H. Maturana e G. Verden-Zöller, 1993)

This page is powered by Blogger. Isn't yours? |